MADERO STEAK HOUSE: O MELHOR HAMBÚRGUER DO MUNDO

Ou seria apenas “o hambúrguer mais pretensioso do mundo”?

Fui lá pessoalmente para conferir. Veja minhas impressões.

Vale lembrar que, tudo que se escreve aqui é a MINHA opinião, a MINHA análise e a MINHA experiência. Sendo assim, nenhuma “verdade universal” estará presente aqui, apenas a visão de um apreciador convicto de hambúrguer.

O restaurante “Madero Steak House” é uma bem sucedida franquia do chef Junior Durski, que conta com mais de 80 restaurantes, incluindo o recém inaugurado no shopping Parque Maia, que fomos conferir.

O restaurante tem uma aparência que remete às docerias dos anos 50, mas sem muito “rococó”, com um visual relativamente “clean”. Sobre o interior, não tenho muito a dizer. Acabei ficando do lado de fora, no “cercadinho”, mas pude observar que mantém o visual limpo da fachada, e uma decoração bastante simplista.

Pude provar o melhor tempero do mundo muito antes de entrar no restaurante. A FOME! Para conseguirmos uma simples mesa para casal, foram nada menos que 50 (CINQUENTA!) minutos de espera. Aqui vale uma ressalva: Era um sábado a noite, véspera de véspera do dia dos namorados. Talvez isso tenha levado ao local um movimento fora do comum, ou talvez o hambúrguer fosse realmente tão bom assim. Ou talvez fosse apenas mais uma “modinha”. A mim restava apenas esperar.

Outra ressalva: Perguntei à atendente se havia um balcão ou um bar para que pudesse esperar e tomar um chopp, mas o gerente foi categórico: “Não posso te servir nada se você não estiver à mesa, nem mesmo um chopp”. Achei rude e grosseiro!

Passados os 50 minutos, me sentei e pedi um chopp. As opções eram razoáveis, Amstel ou Heineken, mas a apresentação foi medíocre. Assim como o Outback, o chopp é servido numa caneca estupidamente gelada, e a bebida literalmente congela! Não era mais chopp, era “raspadinha de chopp”. Dava para tomar com colher! Pedi que o chopp fosse servido numa caneca normal, sem estar congelada, e ficou perfeito, na medida. De um jeito ou de outro, é um inconveniente ter que ficar lembrando o garçom de algo básico e trivial do chopp.

Mas eu não fui lá pelo chopp, fui pelo “melhor hambúrguer do mundo”. O slogan aparece em destaque na fachada, e era melhor que não fosse propaganda enganosa. Para avaliar um hambúrguer, gosto sempre do quarteto “pão, carne, queijo e molho”. Mas o chesseburguer tradicional do Madero leva também alface tomate e cebola. E foi esse que eu experimentei.

Absolutamente MARAVILHOSO! Não sei se é, de fato, o melhor hambúrguer do mundo, mas é, sem dúvida nenhuma, o melhor que eu já comi. O destaque são os ingredientes frescos, pão francês crocante e quentinho, tomate e alface suculentos e carne no ponto perfeito. O molho não tem nenhum destaque, pois vem em pouca quantidade. Mas, sinceramente? Não faz falta!

O lanche vem acompanhado de batatas fritas perfeitas, crocantes e sequinhas, e com um leve sabor adocicado, que combina com o Ketchup exclusivo Madero. O mais incrível desse lanche, além do sabor, é que ele respeita a filosofia do hambúrguer, ou seja, ele é consistente, não fica desmontando e sujando as mãos. É possível segurá-lo numa das mãos enquanto segura a caneca de chopp na outra.

A experiência valeu cada segundo de espera, e compensou até mesmo a “filhadaputagem” do gerente. Quanto ao preço, não é barato, mais de 40 reais por um lanche, e as bebidas então, nem se fale, mas eu duvido que você irá se arrepender. Vá lá e confira, e mande o gerente tomar no cú por mim.

http://www.restaurantemadero.com.br/

Abraços!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s